Artigos de Jornal


Os Chineses e o curto-circuito do recôncavo

A primeira vez que fui ao Rio, ainda criança, me espantei com triciclos entre os carros e meu pai me disse que eram de lavanderias de chineses. D...

“O país do Carnaval”

Tivemos um carnaval excepcional. Os blocos tomaram conta das ruas da maioria das capitais. No Rio e em São Paulo, eles não só lotaram as vias, co...

A sutil relação entre poesia e canção

Alguns poetas ciosos de sua arte, dizem que letras de canções não são poemas, mas obras lúdicas, de folk. Assim, o verso “tu pisavas nos astros d...


O interesse econômico em primeiro lugar

Num espaço de 15 dias duas tragédias inconcebíveis de incúria de seus responsáveis mataram centenas de pessoas, inclusive 10 adolescentes. Sobre ...

Brumas sobre o vale de la(gri)mas da Vale

Imaginem uma barragem com 1,4 vezes a altura do Elevador Lacerda (86m) e 12.700.000 m³ de lama tóxica se rompendo e arrastando mais duas. Até ago...

O Rio de Janeiro continua lindo...

A Cidade Maravilhosa, que ganhou esse qualificativo de Coelho Neto, em 1908, foi cantada em marchinha como “cheia de encantos mil” por André Filh...


Retrato do Brasil em preto e branco

Segundo IBGE, em 2017 os 10% mais ricos do Brasil tinham 43,3% da renda nacional e os 10% mais pobres 0,7%. Segundo o site Desigualdade Mundial, ...

“Milonga de Los Morenos”

Meu artigo “Revisitando a Argentina” (16/12) foi curtido por 83 leitores do Facebook, inclusive oito argentinos, de lá e daqui. A única discordân...

Nevasca em pleno verão

A neve começou a cair desde cedo. Seus flocos eram trazidos pelo vento e começaram a se embaraçar na tela da varanda do apartamento em que me enc...


Revisitando a Argentina

Atendendo a dois compromissos acadêmicos revisitei o país, entre 30/10 e 16/11, pela sexta vez. O primeiro compromisso foi em Córdoba, onde como ...

Mudanças sociais e crise imobiliária

O setor imobiliário dizia que sua crise se devia ao antigo PDDU. Conseguiram o que queriam, mas os estoques não baixaram. Neste ano, está havendo...

No meio do caminho tinha uma pedra...

Em 1928 um rapaz desconhecido de 26 anos do interior do país enviou para uma revista maldita de São Paulo um poemeto sem métrica nem rima e cheio...


Jornal, que te quero impresso

Para muitas pessoas os jornais não têm mais razão de ser, já que as notícias são divulgadas 24 ou 30 horas antes pela redes sociais, rádios e tel...

Escobar: O filme

Nenhum outro bandido recebeu tantas homenagens pós-morte quanto Escobar. Dez filmes: Profissão de risco, Tres Caínes, Escobar: o paraíso perdido,...

O saber em chamas ou à venda

A única forma de um país se desenvolver, na atualidade, é investir na educação, ciência e tecnologia. Foi assim que países saídos de um passado ...


Memorial das cinzas

A tragédia do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista é o retrato do sucateamento a que chegou as instituições, a ciência e a cultura brasileira. N...

Edivaldo Boa-Ventura

Não consigo assumir a morte Edivaldo Boaventura, tão forte é a sua presença na Bahia, como grande educador, administrador público, escritor e jor...

Qualquer uso é melhor que o abandono

Aprendi esta máxima quando fazia doutorado em preservação na Itália. O Comercio, outrora setor bancário e de exportadores, está em depressão, com...


Página 3 de 18
Primeira  Anterior  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18